Rondônia em Ação

Aécio, Serra e Alckmin: o trio tucano para 2018, ou não?

Rumores é que, se perder as previas tucanas, Alkmin pode ser candidato pelo PSB


POR VALDIRALVES GALLO

Nos bastidores, as conjecturas e especulaes seguem como um jogo de xadrez que remete as possveis alianas partidrias para o pleito de 2018, quando o pas eleger o prximo presidente.

No plano nacional, a briga maior pode ser observada, de longe, no ninho tucano. Depois que Fernando Henrique Cardoso passou pelo Planalto, o PSDB disputou e perdeu todas para o PT.

O PT, em 2010, mesmo que aos trancos e barrancos elegeu Dilma para sucesso de Lula que, assim como FHC, governou por dois mandatos.

Considerada por muitos analistas polticos epoca, como “um poste”, Dilma no s se elegeu e sucedeu Lula, como, quando parecia impossvel, conseguiu se reeleger, derrotando anada menos que Acio Neves. O tucano que at dias desses mandava em Minas Gerias.

Mandava tanto que conseguiu eleger prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), desarticulando candidaturas do seu proprio partido (PSDB) e do PT de Lula, numa chapa consensual. Afacete foi, colocar uma candidatura alternativa que no fosse nem do PSDB nem do PT. Assim quis Acio, assim se sucedeu. A aliana entre PT e PSDB, elegeu um candidato do PSB.

Marcio Lacerda, na ocasio se tornou um aliado estratgico, de tucanos e petistas. em Minas. A contrulo dess aliana bancad por Lula custou caro e o Partido dos Trabalhadores se viu rachado em Minas.

O resulutado disso, todos sabem. Em 2014, Acio veio forte para a eleies de 2014, e por poucou no vencia Dima, fragilizada por uma economia em depresso, isso sem falar no escndalo do petrolo, que mais tarde veio a ser no conjunto a obra a motivao principal do seu processo de afastamento e posterior cassao do mandato.

O maior problema dos tucanos, hoje, ter candidato de sobra postulando a vaga dentro do partido para concorrer presidncia da repblica em 2018: Jos Serra e Geraldo Alckmin, pelo estado de So Paulo; e o prprio Acio, por Minas Gerais.

Alckmin j garantiu: se no for escolhido o candidato a presidente dentro do PSDB, dever ingressar em outra sigla que aceite lanar seu nome.

Por isso, prope uma previa interna entre os trs postulantes, tudo que Acio no quer. O resultado dessa consulta em mbito nacional far com que Alckimin, tome uma deciso importante, caso perca a tal previa: se sair vencedor, ser o candidato tucano em 2018. Caso perca, a ideia ingressar no PSB, cujas portas esto abertas e, ao que tudo indica, com o espao garantido para que seja o candidato a presidente pelo partido.


Se Alckmin quer as previas, Acio quer distancia delas. Vai protelar o quanto possivel. Justamente para que no haja tempo de Alckimin sair do PSDB com a finalidade de ser candidato a presidncia pelo PSB. Isso incomoda Acio, que gostaria de ter um dos maiores quadros do partido, ao seu lado.

Por qu?

Mesmo deixando o PSDB e ingressando no PSB, Alckmin tem muita influncia no tucanato do Estado de So Paulo, onde o atual prefeito da capital, Joo Doria, se elegeu com seu apoio. Outro fator determinante, que o vice-governador de So Paulo Marcio Frana, filiado ao PSB.

Se Alkimin for impedido de ser candidato presidncia pelo PSDB, com certeza ser pelo Partido Socialista Brasileiro e, podem ter certeza. Sai forte.

Com o apoio de Marcio Frana, que assume o governo de So Paulo em seu lugar, j que ele precisa renunciar. O outro apoio de peso, possvel, como j foi citado, o do prefeito de So Paulo, Joo Dria.

Concluso: mesmo se desfiliando do PSDB, Alckmin sai forte a presidncia da republica, caso a sigla escolhida seja meso o PSB, terceiro partido mais votado nas eleies para prefeito em 2016, atrs apenas do PMDB e PSDB.

Ter com eventuais aliados: Marcio Frana, hoje seu vice-governador e Joo Doria, prefeito So Paulo, a quem ajudou a eleger. J o Serra, embora s observando, dificilmente dever dificultar a vida de Acio, dentro do partido.