Rondônia em Ação

Semed se esforça para atender novos alunos na zona leste

Residenciais foram entregues sem infraestrutura de atendimento social como escolas e postos de saúde

A Divisão de Educação Infantil e Ensino Fundamental da Secretaria Municipal da Educação está trabalhando num esforço concentrado para atender alunos que moravam nas zonas sul e norte, cujas famílias se mudaram para residenciais localizados na zona leste, principalmente no conjunto Orgulho do Madeira. São dezenas de alunos do ensino infantil e fundamental que ainda estão fora da sala de aula.

A Semed tranquiliza as mães, no entanto, ao garantir que todos serão atendidos e terão todos os dias letivos do ano dentro do prazo. O início das aulas está previsto para o próximo dia 6. Até lá a Semed está em busca de parcerias com associações ou locais para alugar para instalar novas unidades educacionais. Nas escolas polos próximas aos residenciais na zona leste, como São Miguel, Elenilson Negreiros, Jesus de Nazaré, Fernando Scariz e engenheiro Walmer Adão Siqueira não há mais vaga disponível.

O problema é sério e preocupa o prefeito dr Hildon Chaves. Recentemente, em audiência à vereadora Joelna Holder, o chefe do executivo municipal manifestou seu desapontamento com a forma com que os novos residenciais foram entregues aos moradores sem nenhuma infraestrutura de atendimento social e de lazer, faltando escolas, postos de saúde, áreas de esporte e lazer, enfim, só mesmo as moradias foram entregues.

Muitos pais mantiveram seus filhos em creches e escolas próximas de onde moravam, se obrigando a um desgastante deslocamento diário da zona leste aos bairros São Sebastião e Nacional, na zona norte ou ao Caladinho, na zona sul.