Moradores do Bairro Floresta convidam população para primeira edição de Festa Junina

“A quadrilha faz parte da cultura de Porto Velho por isso estamos experimentando organizar nosso primeiro Arraial. São 22 pares, ou seja, 44 pessoas dançando. Fora isso, um público que esperamos ser grande, até por que, o pessoal do bairro é muito animado e tenho certeza, vai comparecer em peso”, destaca Marcio, um dos organizadores do evento.

rondoniaemacao.com.br 09/07/2018 10:49:48
Gfx0JKITHUyv
MORADORES DO FLORESTA: ARRAIAL E CONVÍVIO EM COMUNIDADE (Foto: Arquivo Pessoal)




Por ValdirAlves Gallo

Moradores Rua Felicidade, no Bairro Floresta, organizam para o dia 14 de julho, a primeira edição do “Arraiá da Floresta”. Participam do evento a ser realizado na esquina com a Rua da Lua próximo ao Bar do Sabiá, moradores das imediações, parentes e amigos com música, comida e bebidas típicas, disse o agente de saúde Marcio Luiz, um dos organizadores. Para se situar, a Rua da Felicidade se localiza próximo a TV Allamanda, afiliada ao SBT e a Rádio Transamérica. O acesso é a Rua Três e Meio.

Os ensaios acontecem desde maio. A idéia primeira é oferecer um pouco mais de lazer aos moradores das imediações. Mas queremos transformar a realização em uma cultura local, a depender do empenho da comunidade. “Com um bom evento esse ano, teremos outros nos anos seguintes”, disse.

“Precisamos de patrocínio. Não precisa ser dinheiro: banheiros químicos, barracas, tendas, dentre outros. São necessidades básicas”.


(Atualizado em 10/07/2018) A data inicial do arraial era para o dia 07. Porém, alguns sobressaltos fizeram com que o evento fosse adiado, sem nenhum risco de não acontecer, disse o organizador. A solicitação de um alvará à Semtram (Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito) já foi solicitado. Com a autorização do órgão, a rua poderá ser interditada. “Todos de Porto Velho estão convidados. Pretendemos fazer uma grande festa”.

A ideia de organizar o arraial partiu de um grupo de amigos e vizinhos do bairro. Hoje já são 22 casais participantes, devidamente ensaiados. Marcio explica que, como esse é o primeiro ano, a organização está em busca de patrocínio no sentido de conseguir todo o material necessário.

“A quadrilha faz parte da cultura de Porto Velho por isso estamos experimentando organizar nosso primeiro Arraial. São 22 pares, ou seja, 44 pessoas dançando. Fora isso, um publico que esperamos ser grande, até por que, o pessoal do bairro é muito animado e tenho certeza, vai comparecer em peso”, acredita Marcio.

Embora o arraial seja apenas por uma noite, a vizinhança tem como costume e cultura se reunir em comunidade para promover eventos, cantar, almoçar juntos, promover feijoadas, jogos de baralho, sinuca, nas proximidades, num clima de harmonia, amizade e de solidariedade.


FONTE: RONDÔNIA EM AÇÃO

Postagens Semelhantes