Claudia Moura visita restaurante popular idealizado por ela em 2011

rondoniaemacao.com.br 25/06/2018 15:35:34
tsP5GfcF5oyy
Foto ilustrativa




A jornalista e professora universitária Claudia Moura visitou recentemente o restaurante popular de Porto Velho. Denominado “Prato Cheio” o restaurante foi inaugurado em setembro de 2015 e idealizado por Claudia Moura, em 2011, período em que a jornalista foi secretária de Estado de Assistência Social no governo de Confúcio Moura. É um programa de Assistência Social na região mais populosa de Porto Velho (zona leste), para atender pessoas com renda inferior a um salário mínimo. “Na época eu e o ex-governador Confúcio idealizamos essa iniciativa com o objetivo de promover segurança alimentar, oferecendo um alimento nutritivo e saudável a um custo baixíssimo de apenas um real o prato”, disse Claudia durante a visita. 


Elias Feitosa é morador da Zona Leste. Ele conta que muita gente não tem um prato de comida para se alimentar em casa. “Aí as pessoas vêm onde está mais barato, disse, ao se referir ao prato de comida no valor irrisório de R$ 1,00 (um real), com um controle de qualidade dos melhores restaurantes. “Espero que outros projetos como esse possam ser implantados” completa o cantor e compositor, Naian Ferreira, também morador da região, e que almoçava no restaurante durante a visita da idealizadora do projeto. 


Claudia Moura lembrou ao público como foi construído o restaurante.Segundo ela, o valor da refeição a um real para a população só é possível graças ao subsídio garantido pelo governo com recursos da Secretaria de Estado de Assistência Social,que complementa o custeio. Uma ideia que, na visão de Claudia, precisa ser multiplicada e expandida para outras regiões da capital e também para alguns municípios do interior, é o que ela defende.


“Muitas pessoas aqui em Porto Velho, entre elas, donas de casa, crianças, jovens e muitos idosos precisam desse alimento. Em muitos casos o “Prato Cheio” – nome oficial do restaurante - é o que garante a alimentação diária, nutritiva e saudável a essas pessoas. Daí a importância da manutenção e expansão do programa, que além de Porto Velho precisa estar em outras cidades do estado, argumenta Cláudia.


Jornalista Valdir Alves

Postagens Semelhantes